Entenda o que é Prouni e saiba como participar desse programa
Matrículas Abertas

Entenda o que é o Prouni e saiba como participar desse programa



Um dos principais objetivos dos alunos que realizam a prova do Enem é participar do Prouni, o programa universidade para todos. Veja nesse texto as principais características desse programa e saiba quem pode participar do Prouni.

Entenda o que é o Prouni

Prouni é o nome pelo qual conhecemos o Programa Universidade para Todos. Ele foi criado em setembro de 2004 por meio de um decreto presidencial assinado pelo então presidente Lula.

O objetivo do programa é ampliar o acesso ao ensino superior por meio da concessão de bolsas de estudos em instituições particulares de ensino superior.

PontoEnem - Prouni

Atente: o aluno que concorrer ao Prouni disputará uma vaga de bolsa de estudos em uma faculdade/universidade particular. Portanto, não confunda o Prouni com o Sisu. Os dois são programas do governo federal de acesso ao ensino superior, porém eles possuem regras e objetivos distintos. 

Para atingir a meta do programa, o governo federal faz uma “troca” com as faculdades particulares. Em uma explicação mais simples, essa negociação acontece assim:

As instituições de ensino participantes do Prouni são contempladas com isenção de alguns impostos e, em troca, cedem algumas de suas vagas para o governo federal. Por sua vez, o governo federal distribui essas vagas para alunos que realizaram o Enem e que se encaixam em determinado perfil socioeconômico.

Quem pode participar do Prouni?

A título de esclarecimento: só podem participar do Prouni estudantes que realizaram o Enem. Portanto, não há maneira de concorrer às bolsas sem a participação no Exame.

Dito isto, veja abaixo quais são os requisitos para participar do Prouni:

  • Ter atingido nota média igual ou superior a 450 no Enem. Estudantes com nota média inferior a esse valor não poderão participar do Prouni;
  • Ter cursado ensino médio integralmente em escola pública ou instituição particular com bolsa integral;
  • Apresentar renda familiar per capita de até 3 salários mínimos (bolsa parcial) ou 1,5 salário mínimo (bolsa integral)
  • Outras condições: ser pessoa com deficiência, ser professor efetivo da rede pública de ensino básico que concorre a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

As informações socioeconômicas dos estudantes serão verificados durante o processo de seleção. Concorrer a uma bolsa pelo Prouni consistirá, portanto, em duas etapas: atingir a nota necessária no Enem e passar pela análise socioeconômica.

Para calcular a renda per capita de sua família faça o seguinte: some a renda de todas as pessoas que residem com você e divida o resultado por todos os moradores de sua casa. 

Quais são as bolsas que o Prouni oferece?

São oferecidas ao aluno duas modalidades de bolsas de estudos: integral e parcial.

As bolsas integrais são destinadas aos estudantes cuja renda per capita é igual ou inferior a 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais são destinados àqueles com renda per capita de até 3 salários mínimos.

Como o próprio nome já diz, quem for contemplado com uma bolsa integral não terá qualquer custo de mensalidade durante sua formação. Já os bolsistas parciais terão que arcar com 50% do valor da mensalidade. A boa notícia é que esse valor pode ser financiado pelo FIES.

Quando ocorrem as inscrições para o Prouni?

As inscrições para o Prouni são realizadas pela internet em datas determinadas pelo MEC. É de inteira responsabilidade do aluno acompanhar essas datas para não perder o período de inscrições. Portanto, fique de olho no site do MEC e aqui no PontoEnem para não perder nada sobre o Prouni.

Durante os dias de inscrição, o alunos escolhem os cursos para os quais desejam concorrer. A partir da concorrência e da relação candidato/vaga por curso o sistema do Prouni gera uma nota de corte. Ela é que define quais estudantes conseguirão ou não a vaga que desejam.

Por essa razão, pesquisar com calma as opções possíveis é fundamental. É exatamente por isso que o período de inscrições do Prouni geralmente tem duração de uma semana: é tempo suficiente para o aluno realizar sua pesquisa e observar as flutuações das notas de corte.

Essas são as etapas que aluno passará após a abertura das inscrições:

  • Acessar o Sistema do Prouni, fazer sua pesquisa e escolher os cursos de sua preferência;
  • Acompanhar as flutuações das notas de corte durante os dias de inscrições;
  • Tendo atingido a nota necessária, o aluno será chamado para realizar a avaliação socioeconômica;
  • Após comprovar que se encaixa no perfil social, o aluno estará apto a fazer sua matrícula e iniciar seus estudos.

Caso você ainda tenha ficado com dúvidas, deixe seu comentário: assim poderemos complementar o que foi dito no nosso texto.

Visite também o site oficial do Prouni no endereço prouniportal.mec.gov.br . No site há um link chamado “Informações aos candidatos” que possui mais esclarecimentos sobre o programa.

Cuidado com os muitos sites que tentam se passar como “oficiais” do Prouni ou do Enem. Eles não passam de um amontoado de informações sem sentido produzidas por espertalhões que tentam enganar os ingênuos.

Sites oficiais do Enem, do Prouni e do Sisu devem ter o “.gov” no endereço. Abaixo deixo os links de todos eles. Esses sim são oficiais:

prouniportal.mec.gov.br - Portal do Prouni

mec.gov.br - Site oficial do MEC (Ministério da Educação)

sisu.mec.gov.br - Site oficial do SISU

inep.gov.br - Site oficial do INEP

Bons estudos e boa sorte com o Prouni!